Foco e Escopo

A Revista Uninter de Comunicação (RUC) é uma publicação do grupo de pesquisa Comunicação, Tecnologia e Sociedade (dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/5095360370649913), que desenvolve estudos relacionados à verificação de tendências na comunicação. Visa identificar os impactos do uso de novas ferramentas sobre o próprio processo comunicacional e sobre a sociedade; o desenvolvimento de redes de comunicação e de novas formas de sociabilidade; os mecanismos de expressão e as diferentes narrativas desenvolvidas a partir das estruturas comunicativas decorrentes do desenvolvimento tecnológico. Trata-se de um periódico científico semestral disponibilizado pelo Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), que disponibiliza publicações acadêmicas que se enquadrem em áreas de interesse do campo científico da Comunicação. Na classificação Qualis/Capes no quadriênio 2013-2016, a revista figura no estrato B5 na área Comunicação e Informação.

Missão

Assegurar um espaço para desenvolvimento do pensamento reflexivo sobre as práticas profissionais e sua relação com a teoria, seguindo critérios de avaliação estabelecidos pelo Comunicado n. 01/2013 - Área de Ciências Sociais Aplicadas I, atualização do webqualis da área - Ref. 2011.

Sessões

A revista se organizar em 3 seções: Artigos, Resenhas e  Entrevistas. A cada edição serão publicados no máximo 5 artigos, 3 resenhas e 2 entrevista, totalizando 10 textos de caráter científico. A periodicidade da revista segue o padrão semestral e cada edição está organizada com temática livre, pondendo publicar dossiês temáticos eventualmente.

 

Políticas de Seção

Artigos

Os artigos de desenvolvimento teórico são embasados em pesquisa bibliográfica, propondo novos modelos e interpretações de fatos relevantes para a comunidade acadêmica e contam com delimitação de objeto de estudo. Podem ter de 15 a 20 páginas e destinam-se a publicações de pesquisadores de comunicação e áreas afins sendo que um dos autores deve ter titulação mínima de mestre.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

As entrevistas deverão ser realizadas com membros da comunidade científica, cujos trabalhos sejam notoriamente relevantes. Podem ter de 5 a 7 páginas e destinam-se a publicações de docentes, pós-graduandos ou pós-graduados de comunicação, graduandos e graduados de cursos de comunicação e áreas afins, sendo que ao menos um dos autores deve ter o título mínimo de mestre.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha

As resenhas devem ser caracterizadas por abordagens críticas e, por vezes, criativas, levando os leitores à reflexão sobre temas relevantes na área de conhecimento, partindo da análise de outros trabalhos científicos. Podem ter de 5 a 7 páginas e destinam-se a publicações de docentes, pós-graduandos ou pós-graduados de comunicação, graduandos e graduados de cursos de comunicação e áreas afins, sendo que ao menos um dos autores deve ter o título mínimo de mestre.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos submetidos à revista serão inicialmente avaliados quanto à adequação à política editorial e às normas de formatação e, em seguida, enviados para até três pareceristas, que podem ser membros do Conselho Editorial ou do Comitê Científico ou pareceristas ad hoc. Quando a maioria dos pareceres são positivos, o autor é informado de que seu artigo será publicado; caso haja sugestões de mudanças no artigo, elas também são enviadas ao autor. Caso os pareceres sejam em sua maioria negativos, o artigo pode ser rejeitado. Em todos os casos a decisão final cabe ao Conselho Editorial da revista.

Durante todo o processo é garantido o anonimato dos autores de artigos submetidos para que as avaliações não sofram nenhum tipo de influência externa.

Clique aqui para baixar o formulário de avaliação.

Para ser APROVADO, serão considerados os trabalhos que tiverem conceito médio entre A e C. No caso de AJUSTES OBRIGATÓRIOS, o autor deverá executar mudanças, a partir do que o parecerista apontar, nos itens que estejam com conceito B ou C. Caso o trabalho contenha algum conceito D ou E, o trabalho será REPROVADO.

Conceitos:
A – Muito bom (cumpre integralmente)
B – Bom (precisa de alguns ajustes)
C – Regular (exige ajustes consideráveis)
D – Ruim (Deve realizar reformulações que levarão tempo)
E – Muito ruim (não tem condições, mesmo com ajustes)

CRITÉRIOS A SEREM AVALIADOS:

- O desenvolvimento do texto deve ser consistente, embasado em princípios de construção científica do conhecimento;

- O texto deve ser embasado em referenciais teórico-conceituais do campo da Comunicação;

- Afirmações, opiniões e conceitos expressados nos artigos são de responsabilidade dos autores;

- Qualidade da redação e domínio da língua;

- Qualidade no conteúdo apresentado: clareza na exposição das ideias, articulação entre as proposições, explicações claras para o leitor;

- Estrutura do texto: introdução/apresentação; fundamentação teórica e desenvolvimento; discussão; resultados/considerações finais;

- Tema: deve ser relevante e pertinente ao contexto abordado, ao momento e à pesquisa desenvolvida;

- Enquadramento correto do texto nas seções da revista;

- Obediência aos limites mínimos e máximos de páginas.

 

Periodicidade

Semestral

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais.

 

Diretrizes para avaliação

Clique aqui para baixar o formulário de avaliação.

Para ser APROVADO, serão considerados os trabalhos que tiverem conceito médio entre A e C. No caso de AJUSTES OBRIGATÓRIOS, o autor deverá executar mudanças, a partir do que o parecerista apontar, nos itens que estejam com conceito B ou C. Caso o trabalho contenha algum conceito D ou E, o trabalho será REPROVADO.

Conceitos:
A – Muito bom (cumpre integralmente)
B – Bom (precisa de alguns ajustes)
C – Regular (exige ajustes consideráveis)
D – Ruim (Deve realizar reformulações que levarão tempo)
E – Muito ruim (não tem condições, mesmo com ajustes)

 

Critérios a serem considerados:

- O desenvolvimento do texto deve ser consistente, embasado em princípios de construção científica do conhecimento;

- O texto deve ser embasado em referenciais teórico-conceituais do campo da Comunicação;

- Afirmações, opiniões e conceitos expressados nos artigos são de responsabilidade dos autores;

- Qualidade da redação e domínio da língua;

- Qualidade no conteúdo apresentado: clareza na exposição das ideias, articulação entre as proposições, explicações claras para o leitor;

- Estrutura do texto: introdução/apresentação; fundamentação teórica e desenvolvimento; discussão; resultados/considerações finais;

- Tema: deve ser relevante e pertinente ao contexto abordado, ao momento e à pesquisa desenvolvida;

- Enquadramento correto do texto nas seções da revista;

- Obediência aos limites mínimos e máximos de páginas.



ISSN: 2357-9870